CERSUL realiza testes em EPIs, EPCs e ferramentas de trabalho

CERSUL realiza testes em EPIs, EPCs e ferramentas de trabalho

A CERSUL (Cooperativa de Distribuição de Energia) realizou ensaio isolante de ferramentas de trabalho e equipamentos de proteção individual e coletivo (EPIs e EPCs). Cada item aprovado nos testes recebe uma etiqueta de rastreamento com número exclusivo para controle e rastreabilidade com a finalidade de segurança para promoção da vida e integridade de cada trabalhador.

O presidente da CERSUL, Jonnei Zanette (Nei), pontua que a norma regulamentadora NR-10, do Ministério do Trabalho, descreve as regulamentações necessárias para os profissionais que atuam com o sistema elétrico e as quais a cooperativa busca cumprir com a máxima eficiência.

O técnico em segurança do trabalho, Domingos Clauber Colonetti, explica que a segurança dos trabalhadores que interagem com circuitos elétricos energizados deve ser garantida com o uso de equipamentos de proteção coletiva e individual e ferramentas com isolação adequada a classe de tensão de trabalho. Especificamente em ambientes de interações com o Sistema Elétrico de Potência (SEP), o controle das condições operacionais dos Equipamentos de Proteção Individual e Coletivo (EPI e EPC), devem ser rigorosamente monitorados através do que tecnicamente se chama de ensaios elétricos, conforme previstos NR-10 e pela ABNT-NBR, aplicáveis a cada equipamento com suas especificidades.

Uma empresa especializada é contratada pela CERSUL, a qual efetua conforme a legislação, os ensaios isolantes de todos os materiais. Na última etapa foram verificados os materiais flexíveis e rígidos e que envolvem ferramentas e equipamentos usados por todos os eletricistas e também nos trabalhos da Linha Viva.