Ensaios elétricos em equipamentos garantem maior segurança

Ensaios elétricos em equipamentos garantem maior segurança

Luvas isolantes, mangas isolantes, cabos isolantes (By-pass), varas de manobra, vara telescópica, bastão pega tudo, bastão universal isolante (Linha viva), capacete, cobertura de condutor rígido, cobertura de condutor flexível de borracha, cobertura de poste, tesourão isolante, catraca isolante, dentreb outros itens, passaram pelo ensaio isolante de ferramentas de trabalho e equipamentos de proteção individual e coletivo (EPIs e EPCs) na CERSUL (Cooperativa de Distribuição de Energia) nesta segunda-feira (21). Ainda foram realizados ensaios elétricos nos dispositivos do caminhão de Linha Viva. Todos estes procedimentos têm como finalidade a segurança para promoção da vida e integridade de cada trabalhador da cooperativa.

O presidente da CERSUL, Jonnei Zanette (Nei), destaca que é essencial seguir todos os procedimentos de segurança a fim de garantir a integridade física e resguardar a vida dos trabalhadores.

Segundo o técnico em segurança do trabalho, Domingos Clauber Colonetti, os equipamentos, ferramentas e dispositivos isolantes ou equipados com materiais isolantes, destinados ao trabalho com interação com eletricidade, devem ser submetidos a testes elétricos ou ensaios de laboratório periódicos, obedecendo-se as especificações do fabricante, os procedimentos da empresa e na ausência desses, anualmente.

Cada item aprovado nos testes recebe uma etiqueta de rastreamento com número exclusivo para controle e rastreabilidade através de uma empresa especializada contratada pela CERSUL.