Escolas mobilizadas para preservar a natureza

Escolas mobilizadas para preservar a natureza

O projeto Amigos da natureza está em ação focado na preservação do meio ambiente. Cerca de dois mil estudantes de 1º a 5º ano dos cinco municípios de atendimento integral da CERSUL (Turvo/ Ermo/ Meleiro/ Morro Grande/Timbé Do Sul) estão mobilizados no projeto junto aos professores e direção.

Entre as ações, ao longo do mês de junho, as escolas estão em desenvolvimento de muitas atividades ligadas a conscientização em sala de aula e em desenvolvimento de uma gincana com a coleta de resíduos plásticos. A preservação do meio ambiente é pautada na história da terceira edição da revista em quadrinhos que traz o Incrível Atom e os Amigos da Natureza em mais uma aventura de cunho educativo com o título de Preservar é a nossa natureza.

Ainda ocorreram neste mês dois grandes eventos que mobilizaram sobre consciência ambiental. Os encontros fazem parte do projeto desenvolvido pela Cooperativa de Distribuição de Energia. Na quinta-feira, dia 2 de junho, o encontro no Centro de Eventos Prof.ª Iria Angeloni Carlessi, reuniu estudantes de Turvo e Ermo. Na quarta-feira, 8 de junho, foi a vez de alunos de Meleiro, Morro Grande e Timbé do Sul participarem das atividades.

Recepcionados pelo presidente da CERSUL, Jonnei Zanette, os estudantes assistiram a peça Felpo Filva, apresentada pelo Cirquinho do Revirado em que o enredo é contado em uma cenário feito de papelão e que contribui para o meio ambiente. Durante o evento ainda receberam lanche e se divertiram com a presença do super-herói, o Incrível Atom. Além de novos conhecimentos, as crianças levaram para casa um brinde sustentável. 

Uma das mobilizadoras do projeto, a psicóloga Camila Zanette Cirimbelli, observa que o objetivo do projeto é incentivar a preservação do meio ambiente, estimulando as crianças a repensar suas atitudes e escolhas. Os professores receberam capacitação para trabalhar sobre o tema com a engenheira ambiental, Andréia Arcaro Tonetto, e conhecerem sobre a gincana ecológica, já que foi lançado o desafio da coleta de resíduos plásticos.

A escola que vencer leva um parquinho infantil com valor entre R$ 15 a R$ 20 mil. A venda dos resíduos terá metade do valor arrecadado entregue para a escola e a outra para a Associação de Catadores de Turvo, que fará a pesagem e coleta dos resíduos.